quarta-feira, 30 de janeiro de 2008

"Não existe um caminho para a paz! A paz é o caminho!"

Acerca do autor destas palavras, Albert Einstein disse um dia: “as gerações por vir terão dificuldade em acreditar que um homem como este realmente existiu e caminhou sobre a Terra.”

Para saber quem foi este homem ler mais aqui.

6 comentários:

RC disse...

Oceano... Pacífico?

A Túlipa disse...

Decididamente fenomenal...

Por alguma razão até os fracos de espírito o consideravam um génio.

'

egodependente disse...

:)
Há poucos (são sempre poucos) assim.

Shelyak disse...

E que grande verdade...muito similar à filosofia zen...
Abraço

Fenix disse...

As "palavras" traduzem uma verdade indiscutível e os autores, quer das palavras, quer da citação, são também génios inigualáveis dentro das suas áreas.
Só falta aqui acrescentar a sabedoria de Boole e as leis de Morgan e, compreenderemos o porquê de também existir a guerra e da guerra também ser um caminho.
Sei que me entendes, ..., quem sabe de informática entende...
A guerra está para o zero (0) como a paz está para o um (1).
Ora, se combinármos guerra e (and) paz vence sempre a guerra(0&1=0).
Só se fosse possível fazer guerra ou (or) paz, é que poderia ganhar a paz.
Perdoa este pequeno trocadilho.
Não resisti...

Encanto Solitário disse...

Realmente é inacreditável, no mundo em que vivemos, em que anda meio mundo a enganar outro meio.
Mas felizmente existiu!
Oxalá existissem muitos!